[bula] CYPERPOUR PLUS PULVERIZAÇÃO SESPO - DIVISÃO VETBRANDS SAUDE ANIMAL


 Bovino

Fórmula:
Cada 100 mL contém:
Diclorvos (DDVP) ........................................................... 45,0 g
Cipermetrina .................................................................. 6,6 g
Veículo q.s.p. ................................................................. 100 mL

Indicações:
CYPERPOUR PLUS é indicado no controle de bernes Dermatobia hominis, carrapatos Boophilus microplus e moscas, inclusive a mosca do chifre Haematobia irritans que atacam os bovinos.

Dosagem:
Diluir CYPERPOUR PLUS em água, na concentração de 1:400 (1 litro de CYPERPOUR PLUS em 400 litros de água).

CYPERPOUR PLUS (ml)................Água (litros)
20......................................................8
40....................................................16
100..................................................40
500................................................200
1.000.............................................400

Obs: Para grandes volumes de caldas (acima de 40 litros), recomenda-se preparar uma pré-mistura em balde de plástico à parte, diluindo-se a dosagem recomendada em 10 litros de água. Agitar vigorosamente até total homogeneização e despejar no pulverizador, completando-se o volume com água limpa, sob agitação.
Pulverizar todo o corpo do bovino, gastando em média 4 a 5 litros de calda por animal adulto. Em caso de alta infestação de carrapatos e moscas, pulverizar as partes mais atingidas como barbela, axilas, ventre, virilhas e inserção da cauda.

Administração:
CYPERPOUR PLUS é aplicado sobre os bovinos, diluído em água, conforme tabela abaixo, por meio de pulverizadores manuais ou motorizados.

Precauções:
RECOMENDAÇÕES NA APLICAÇÃO:
A) Usar pulverizador (manual ou motorizado), com boa pressão e testar se há ou não vazamentos, que deverão ser sanados. B) Aplicar sobre os animais em local aberto e arejado. C) Tratar as vacas leiteiras somente após a ordenha e lavar o úbere dessas vacas antes da próxima ordenha. D) Pulverizar os animais sempre a favor do vento. E) Não pulverizar sobre rações animais ou alimentos. F) Evitar o contato com a pele e inalação prolongada. G) Após o trabalho, lavar as mãos e partes expostas do corpo, com água e sabão, antes de comer, beber ou fumar.

Antes de abrir as embalagens, manusear ou aplicar o produto, ler atentamente as instruções de uso impressas na bula. Quando da manipulação do produto concentrado, vestir macacão, botas, luvas e máscara protetora para o rosto. Abrir as embalagens em local arejado e longe de qualquer chama. Não misturar o produto com cal. Não comer, beber ou fumar durante o preparo da calda. Evitar o contato do produto com a pele, olhos e boca. Guardar o produto hermeticamente fechado, em local arejado, longe do alcance de crianças, depósitos de rações e alimentos.
Os equipamentos e materiais de manipulação não poderão servir para outros fins e devem ser lavados com água e sabão após a sua utilização, inclusive a roupa. Destruir as embalagens vazias ou enterrá-las longe de mananciais de água. Não contaminar rios, lagos, riachos e lagoas. Produto tóxico para peixes, abelhas e pássaros.

PERIODO DE CARÊNCIA:
Animais tratados só poderão ir ao abate decorridos 14 dias da última aplicação. Utilizar o leite para consumo humano após 24 horas da última aplicação.

EFEITOS COLATERAIS:
Os sintomas de intoxicação por inseticidas da classe dos organofosforados, no caso o DDVP (Diclorvos), são aqueles de superestimulação colinérgica do sistema nervoso parassimpático. Nos casos de intoxicação, pode ocorrer hipersalivação, miose, micção freqüente, diarréia, vômito, cólica, dispnéia, fasciculações musculares e debilidades, nervosismo, ataxia e apreensão. Animais de grande porte, como bovinos, mais comumente mostram severa depressão. Com respeito aos efeitos colaterais dos piretróides, no caso a Cipermetrina, esta é bastante segura quando empregada em mamíferos por pulverização. Podem ser observadas pequenas irritações transitórias na pele.

PRIMEIROS SOCORROS: Em caso de contaminação acidental, remover imediatamente as roupas e lavar as partes atingidas com água corrente e sabão. Se o produto atingir os olhos, lavá-los com água por 15 minutos. Em caso de ingestão, provocar vômito e consultar um médico ou hospital mais próximo.


NOTA PARA MÉDICOS E MÉDICOS VETERINÁRIOS EM CASO DE INTOXICAÇÃO ANIMAL: Intoxicação pelo DDVP: é organofosforado inibidor da colinesterase. Aplicar imediatamente 2 a 4 mg de sulfato de atropina, Contrathion (aldoxina) e Diazepan no caso de convulsão e controlar, periodicamente, o nível de colinesterase no sangue. Observar a respiração e, se necessário, utilizar a respiração artificial. Intoxicação pela Cipermetrina: não há antídoto específico. Tratar sintomaticamente. O produto possui baixa toxicidade pelas vias oral e dérmica. Caso ingerido, efetuar lavagem estomacal, a critério médico. Telefone de emergência: (19) 3884-9892.

CONSERVAR O PRODUTO EM LOCAL FRESCO E SECO, AO ABRIGO DA LUZ SOLAR. MANTENHA ESTE OU QUALQUER OUTRO MEDICAMENTO FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS E ANIMAIS DOMÉSTICOS.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO DO MÉDICO VETERINÁRIO.

Apresentação:
Frascos de 50, 200 e 1 L

Classe Terapêutica:
ECTOPARASITICIDAS (ANTI-PARASITÁRIOS)

Princípio(s) Ativo(s):
CIPERMETRINA
DICLORVOS

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
6.402/98

Responsável Técnico:
Mauricio Del Bigio - CRMV: 3.715

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
08007700355
Página inicial

Bulário Vet