[bula] PLASIVET LABORATÓRIO BIO-VET S/A

Caninos  Felinos

Fórmula:
Plasivet é um antiemético indicado para cães e gatos na prevenção e tratamento das cinetoses e suas manifestações.

FÓRMULA:

Cada 100 mL contém:
Metoclopramida (cloridrato monohidratado) ....................................................... 2,5 g
Veículo.... q.s.p. ................................................................................................... 100,0 mL


Indicações:
INDICAÇÕES:

PLASIVET é indicado para cães e gatos na prevenção e tratamento das cinetoses e suas manifestações, como enjôos devido a viagens, por qualquer meio de transporte. Na prevenção das náuseas e vômitos induzidos pela quimioterapia e gestação. Para o controle do vômito associado às gastroenterites.
Distúrbios da motilidade gastrointestinal.
Náuseas e vômitos de origem central e periférica (cirurgias, doenças metabólicas e infecciosas).
Para facilitar os procedimentos radiológicos do trato gastrointestinal.
Na prevenção das náuseas e vômitos pré e pós-operatórios.


Dosagem:
Administrar 1 gota / kg de peso corporal, que corresponde a dosagem indicada de 1 mg de metoclopramida por kg de peso. Observar que 25 gotas corresponde a 1 mL. Repetir se necessário após 3 a 4 horas. Manter o tratamento até o desaparecimento dos sintomas de náuseas e vômitos; ou à critério do médico veterinário.



Administração:
O produto deve ser administrado por via oral.

Precauções:
CONTRA INDICAÇÕES E LIMITAÇÃO DE USO:

A metoclopramida é contra-indicada na obstrução ou perfuração gastrointestinal.
A metoclopramida é contra-indicada para animais que sofrem de epilepsia e em animais que usam neurolépticos, uma vez que a freqüência e a intensidade destas reações podem ser aumentadas. A metoclopramida também é contra-indicada para animais com antecedentes de hipersensibilidade à droga.

PRECAUÇÕES:


Obedecer as dosagens indicadas para o uso do produto.
O produto deve ser utilizado com precaução, em animais debilitados ou muito estressados.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS:


Os analgésicos narcóticos ou os opióides, e as drogas anticolinérgicas antagonizam os efeitos da metoclopramida sobre a motilidade gastrointestinal.
A metoclopramida pode potencializar os efeitos sedativos quando administrada concomitantemente com sedativos, hipnóticos, narcóticos ou tranqüilizantes. Junto com anestésicos pode ocorrer hipotensão.
Drogas que são absorvidas pelo estômago, como por exemplo a digoxina, poderão ter sua ação diminuída, devido a ação da metoclopramida. Já as drogas que são absorvidas no intestino delgado, como as tetraciclinas, podem ter sua absorção acelerada.

EFEITOS ADVERSOS:

Os efeitos adversos incluem nervosismo, inquietação, cansaço e depressão, que podem ocorrer em 10% dos animais tratados com metoclopramida. Com menor freqüência podem ocorrer cefaléia, tontura, galactorréia, erupções cutâneas, incluindo urticária. A constipação é muito comum com o uso prolongado.

INFORMAÇÕES SOBRE A FARMACOCINÉTICA:

Absorção:
A metoclopramida é rápida e totalmente absorvida após administração oral ou parenteral, o metabolismo hepático de primeira passagem reduz a sua biodisponibilidade em cerca de 75%.
Distribuição:
É distribuída rapidamente por todos os tecidos e do mesmo modo atravessa a barreira hematoencefálica e a placenta. A concentração da droga no leite materno pode exceder a da placenta. A meia-vida plasmática da metoclopramida no cão é de 90 minutos.
Eliminação:
Até 30% da metoclopramida são excretados inalterados na urina e o restante é eliminado na urina e na bile após a conjugação com sulfato ou ácido glicurônico.


Apresentação:
APRESENTAÇÃO:

Frasco-plástico acoplado de conta gotas, contendo 20 mL.

PRAZO DE VALIDADE:
2 (dois) anos após a data de fabricação

Classe Terapêutica:
OUTROS

Princípio(s) Ativo(s):
METOCLOPRAMIDA

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
nº 7.348 em 14/06/00.

Responsável Técnico:
Dr. Antonio Roberto A. Corrêa - CRMV: CRMV/SP 1431

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800556642
Página inicial

Bulário Vet