[bula] ABAMECTIN PR CEVA SAÚDE ANIMAL LTDA


Suíno
Fórmula:
Cada 100 g contém:
Abamectina.......................................................0,60 g
Excipiente………….............q.s.p….....................100,00 g


Indicações:Suínos.
Para controle e tratamento de vermes redondos e ectoparasitoses causadas por vermes gastrintestinais: Ascaris suum, Hyostrongylus rubidus, Oesophagostomum radiatum (adultos e larvas do 4º estágio.); Vermes pulmonares:Metastrongylus spp; Piolhos:Haematopinus suis; Ácaros da sarna:Sarcoptes scabiei var. suis.

Dosagem:A dose padrão recomendada é de 100 mcg de Abamectina / kg de peso corpóreo ao dia, durante 7 dias consecutivos. Leitão: Fazer uma pré - mistura de 1(um) kg de ABAMECTIN PR em 14 kg de alimento, obtendo-se uma pré-mistura medicada, que deverá ser usada de acordo com a tabela (1). Para matrizes e cachaços, seguir as tabelas (2) e (3).
1- Suínos: Fases de creche, crescimento e terminação
Peso corpóreo (kg)
Quantidade de pré-mistura Medicada (kg) na  ração final / ton
Quantidade de
ABAMECTIN PR na
Ração final (g / ton)
Nível deABAMECTIN PR
g / ton de ração.
Até   39
5,0
333
2,0
40 –  69
6,0
400
2,4
70  - 100
6,8
450
2,7


2 – Matrizes
Peso Corpóreo
(kg)
Consumo Médio Diário de Ração
2,0 kg
2,5 kg
3,0 kg
Gramas ABAMECTIN PR / ton de ração
200
1.650,0
1.333,0
1.110,0
250
2.080,0
1.670,0
1.390,0
300
2.500,0
2.000,0
1.670,0


3- Dosagem Alternativa (Opcional) – Matrizes e Reprodutores
Adicionar 333 g  de ABAMECTIN PR  em 100 kg ração e administrar 0,5 kg desta ração medicada / 100 kg de de peso corpóreo, durante 7 dias consecutivos. A necessidade diária de consumo deverá ser complementada com ração normal.
Peso corpóreo (kg)
Quantidade total de ração medicada por dia (g)
150
  750 g
200
1000 g
250
1250 g
300
1500 g


Nota:
1- Leitões: recomendamos tratamentos entre 40 e 70 dias de idade.
2- Matrizes: recomendamos iniciar o tratamento, 2 a 3 semanas antes do parto.
3- Cachaços: recomendamos o tratamento de seis em seis meses.
4- Informações Complementares: O efeito da ABAMECTIN PR sobre os ácaros da sarna não é imediato, para evitar reinfestações evite o alojamento direto de suínos tratados com animais não tratados e instalações contaminadas, por pelo menos 1 semana após o término do tratamento . As instalações e equipamentos deverão ser pulverizados. Ovos de piolhos dos suínos podem requerer até 3 semanas para eclodir, sendo necessário novo tratamento em alguns casos. ABAMECTIN PR para suínos pode ser adicionado diretamente ao premix vitamínico mineral. O produto é estável na ração final, por 6 meses. A ração final contendo ABAMECTIN PR pode ser transformada em "pellets".
Administração:Administrar por via oral, misturado à ração.

Precauções:Não reaproveitar embalagens vazias, estas devem ser descartadas corretamente, incineradas ou enterrada longe de fontes de água.

ATENÇÃO: OBEDECER AO SEGUINTE PERÍODO DE CARÊNCIA:
SUÍNOS: "O ABATE DOS ANIMAIS TRATADOS SOMENTE DEVE SER REALIZADO 5 DIAS APÓS A ÚLTIMA APLICAÇÃO".
"A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO EM CONDIÇÕES DIFERENTES DAS INDICADAS NESTE RÓTULO/BULA PODE CAUSAR A PRESENÇA DE RESÍDUOS DO PRODUTO ACIMA DOS LIMITES APROVADOS, TORNANDO O ALIMENTO DE ORIGEM ANIMAL IMPRÓPRIO PARA O CONSUMO".

Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar direta, fora do alcance de crianças e animais domésticos.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO DO MÉDICO VETERINÁRIO

Apresentação:Balde plástico contendo 1 kg, 1 kg (3 sachês de 333 g), 5 kg e 5 kg (15 sachês de 333 g), sachê com 100 g e sachê de 333 g.

Classe Terapêutica:
ENDECTOCIDAS (AÇÃO EM ENDOPARASITAS E ECTOPARASITAS) (ANTI-PARASITÁRIOS)
Princípio(s) Ativo(s):ABAMECTINA
Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
6.376 em 04/12/1998
Responsável Técnico:
Dr. Jorge Couto Pimentel - CRMV: 15.185
Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800 770 0355
Página inicial

Bulário Vet