[bula] IBATOX BANHEIRO E PULVERIZAÇÃO LABORATÓRIO IBASA LTDA

Bovino  Caninos  Ovinos  Suíno

Fórmula:
Cada 100 mL contém:
Amitraz ............... 12,50 g
Veículo q.s.p. .... 100,00 mL

Indicações:

No combate aos carrapatos, atuando nos diferentes estágios do ciclo evolutivo inclusive como ovicida. Excelente ectoparasiticida, combatendo principalmente o carrapato Boophilus microplus de bovinos. Em ovinos e suínos, combate os ectoparasitas como a sarna e piolhos (Psoroptes spp., Melophagus ovinus). Também atua como ectoparasitas dos caninos, como carrapatos, sarna (Demodex canis) e piolhos. Carrapaticida e sarnicida especialmente indicado quando há resistência a produtos organofosforados e piretróides.


Contraindicações: Não administrar em felinos. Animais cansados, fêmeas em gestação e animais que fazem uso de medicamentos inibidores da monoamino oxidase (tranilcilpromina, fenelzina e isocarboxazida), mepiridina e aminas simpatomiméticas (isoproterenol). Evitar a administração em animais portadores de cardiopatias e diabetes mellitus.

Dosagem:

Bovinos: Diluir 20 mL de Ibatox em 10 litros de água, 40 mL em 20 litros de água ou 200 mL em 100 litros de água.


Ovinos: Diluir 20 mL de Ibatox em 5 litros de água, 40 mL em 10 litros de água ou 200 mL em 50 litros de água.


Suínos: Diluir 20 mL de Ibatox em 5 litros de água, 40 mL em 10 litros de água ou 200 mL em 50 litros de água.


Caninos: Diluir 20 mL de Ibatox em 10 litros de água, 40 mL em 20 litros de água ou 200 mL em 100 litros de água.

Administração:

Uso externo. Diluir o produto apenas no momento do uso utilizando luvas.


Bovinos: Preparar a mistura previamente em um balde e depois despejar no pulverizador, que deve ter um jato com bastante pressão para que a solução penetre debaixo dos pelos onde estão alojados os carrapatos. O consumo de líquido por animal não deve ser inferior a 5 litros e devem ser feitas duas aplicações com intervalo de 21 dias entre elas.


Caninos: Banhar o animal evitando contato com os olhos, boca e focinho. na região facial aplicar com o auxílio de um chumaço de algodão. Deixar o produto agir durante 1 hora, não permitindo que o animal lamba a pelagem úmida nem fique exposto ao sol. O enxágue deve ser feito com água e xampu ou sabonete neutro. Realizar dois banhos com intervalo de 14 dias entre eles, utilizando nova calda.


Ovinos: Preparar a mistura previamente em um balde e depois despejar na carga do banheiro. A duração do banho deve ser de, no mínimo, 1 minuto com imersões profundas da cabeça. Realizar dois banhos com intervalo de 10 a 12 dias entre eles, utilizando nova calda no segundo. Para recarga, utilizar 200 mL de Ibatox em 25 litros de água.


Suínos: Preparar a  mistura previamente em um balde e após despejar no pulverizador que deve ter um jato com bastante pressão para que a solução penetre debaixo dos pelos onde estão alojados os carrapatos. O consumo de líquido por animal não deve ser inferior a 2 litros. Repetir a aplicação após 14 dias.

Precauções:

Não deixar o animal lamber a pelagem úmida com o produto. Durante e após o banho com Ibatox, não deixar o animal ao sol. Aplicar o produto no animal em local ventilado. Não banhar quando há ameaça de chuva ou calor intenso. Usar pulverização para animais menores devido ao risco de afogamento em banheiro. Não reutilizar as embalagens vazias. Não guardar ou aplicar o produto junto de alimentos, bebidas, medicamentos, produtos de higiene e domésticos. Evitar contato do produto com a pele, caso aconteça, lavar com água e sabão. O componente ativo do Ibatox (Amitraz), quando introduzido no organismo causa depressão do sistema nervoso central, devendo ser administrado tratamento analéptico sintomático. Caso tenha ocorrido ingestão acidental, provocar vômito administrando, por via oral, uma colher de sopa de sal (cloreto de sódio) em um copo de água morna.


Em animais sensíveis, a formulação pode causar dermatite de contato, sedação transitória, depressão da temperatura retal, elevação da glicemia e convulsões.


Pode ocorrer intoxicação de baixa letalidade, principalmente decorrente de erros na administração do produto, cujas manifestações incluem bradicardia, ataxia, depressão, desorientação, vômitos, anorexia, poliúria e diarreia. Alguns animais apresentam sedação transitória 2 a 6 horas após o tratamento que geralmente desaparece entre 24 e 72 horas.


Não há antídoto específico, recomendam-se as seguintes medidas: banhar o animal com água e sabão; Administrar eméticos, carvão ativado ou catárticos salinos; Monitorar a temperatura do animal, para evitar risco de hipotermia; Se necessário, encaminhar ao médico veterinário e iniciar terapia de suporte à base de diazepam ou outro tranquilizante fenotiazínico.


Período de carência:


Bovinos, ovinos, suínos - ABATE: 14 dias após a última aplicação


Bovinos, ovinos - LEITE: 1 dia após a última aplicação.

Apresentação:
20 mL, 40 mL e 200 mL.

Classe Terapêutica:
ECTOPARASITICIDAS (ANTI-PARASITÁRIOS)

Princípio(s) Ativo(s):
AMITRAZ

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
3761/91 em 02/07/1991.

Responsável Técnico:
Melissa Crestani - CRMV: CRF/RS 8153

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800-541-2137
Página inicial

Bulário Vet