[bula] SUPRAMEC POUR ON MERCK SHARP & DOHME SAÚDE ANIMAL LTDA

Bovino

Fórmula:
Cada 1mL contém:
Ivermectina.................................................................................5mg
Excipiente q.s.p..........................................................................1mL

Indicações:
SUPRAMEC® Pour-On é indicado para o tratamento e controle em bovinos de parasitas internos e sensíveis à ivermectina:
• Endoparasitas:
- Vermes gastrintestinais:
Adultos e larvas L4 de Ostertagia ostertagi (incluindo inibidas); Haemonchus placei, Trichostrongylus axei, Trichostrongylus colubriformis, Cooperia spp., Oesophagostomun radiatum.
Adultos de: Cooperia oncophora, Cooperia punctata, Oesophagostomun venulosum, Trichuris spp., Strongyloides papillosus. Larvas L4 de: Nematodirus spp.
- Vermes pulmonares:
Dictyocaulus viviparus (adultos e imaturos).
• Ectoparasitas:
- Piolhos (sugadores e mastigadores) Linognathus vituli, Haematpinus eurysternus, Damalia bovis, Solenopotes capillatus
- Sarna: Chorioptes bovis, Sarcoptes scabiei (var. bovis)
- Berne: Dermatobia hominis
- Moscas: Haematobia irritans (mosca-dos-chifres)
- Carrapatos: Boophilus microplus, incluindo os resistentes a organofosforados, piretróides e diamidinas.
A eficácia máxima contra carrapatos é obtida em 4 a 5 dias após o tratamento. As fêmeas adultas que se desprendem do gado nos dias iniciais do tratamento podem depositar ovos viáveis. Considerar esse fato ao planejar um programa de controle para carrapatos. O produto deve ser alternado com outros produtos convencionais (de imersão ou pour on se o programa exigir tratamentos repetidos.
Quando aplicado na dose recomendada, o produto controla infestações de Trichostrongylus axei e Cooperia spp por 14 dias após o tratamento; para Ostertagia spp e Oesophagostomum radiaatum por até 21 dias após o tratamento; para Dictyocaulus viviparus por até 28 dias e para Haematobia irritans por até 21 dias.

Dosagem:
A dose é de 1 mL de produto (equivalente a 5 mg de ivermectina) para cada 10 Kg de peso corporal, conforme a tabela a seguir:

Peso corporal ...............................................Volume da dose
(Kg) (mL)
50 a 100................................................................10
101 a 150................................................................15
151 a 200................................................................20
201 a 250................................................................25
251 a 300................................................................30
301 a 350................................................................35
351 a 400................................................................40
401 a 450................................................................45
451 a 500................................................................50
501 a 550................................................................55
551 a 600................................................................60
601 a 650................................................................65

Os animais mais pesados, como touros adultos, devem receber um volume adicional de 5 mL para cada 50 kg que exceder os 650 kg.

Ajustar a dosagem de acordo com o animal mais pesado de cada grupo (vaca, touros, novilhos, etc.)

Quanto ocorrer uma variação considerável do tamanho dentro do grupo, dividir em 2 ou mais subgrupos, baseado no peso corporal, para evitar subdosagens.

O intervalo entre as doses dependerá da parasitose e da interação entre agente parasitário - meio ambiente - hospedeiro, a critério do Médico Veterinário.

O tratamento não deverá ser repetido, em menos de 42 dias.

Administração:
Aplicar SUPRAMEC® Pour-On ao longo da linha dorsal do animal (sistema “Pour-On”), derramando o produto sobre a pele desde a região final do pescoço até a inserção da cauda.

Precauções:
Restrições de Uso
-Não foram observadas reações adversas em fêmeas prenhes ou lactantes.
A margem de segurança do produto é ampla, sendo bem tolerado por animais em fase reprodutiva.

Período de carência
- Não é necessário descartar o leite dos animais tratados.
- Não abater os bovinos tratados para consumo humano antes de decorridos 48 dias após a última administração.
Precauções de uso
- Administrar o produto externamente pelo sistema pour on, conforme recomendado. O produto não deve ser adminstrado pelas vias oral ou parenteral;
- O produto é indicado para bovinos. Não administrar em outras espécies animais.
- O gado não deve ser tratado quando o pêlo ou a pele estiverem umidos, visto que poderá ocorrer redução da eficácia.
- A exposição do gado a chuva, em menos de 2 horas após a administração do produto pode diminuir a eficácia do produto;
- A atividade anti-helmíntica da ivermectina será afetada se o produto for aplicado em áreas de pele apresentando feridas ou lesões por sarna, dermatoses, ou ainda qualquer material aderido como lama ou esterco endurecido;
- Ao manusear o produto, não fumar ou comer. Utilizar equipamentos de proteção individual como luvas, botas, óculos, etc. Lavar as mãos após o uso.
- Não incinerar as embalagens vazias ou com o produto. O produto e seus vapores são altamente inflamáveis. Portanto, manter o produto longe do calor, de fagulhas, chamas ou qualquer fonte de ingnição. Manter o produto fechado na embalagem quando não estiver em uso;
- Administrar o produto em ambiente externo ou áreas bem ventiladas;
- O produto é tóxico ao ser ingerido. Evitar contato com os olhos, a pele e roupas. Se ocorrer qualquer intoxicação, contactar um médico;
- A ivermectina, na forma livre, pode alterar a fauna ictílica. Portanto as embalagens vazias ou com o resto do produto devem ser destruídas (quebrar, esmagar ou furar) e transportadas para aterros sanitários. Não jogar em lagos, mananciais ou cursos de água;
- Pode ocorrer turvamento do produto quando armazenado em temperaturas abaixo de 0C. Porém ao deixar o produto reestabelecer a temperatura ambiente naturalmentem a aparência normal será restituída sem afetar a eficácia;
- Quando exposto a luz, a cor do produto pode clarear, Esta perda de coloração não reflete a perda de potência da ivermectina. Entretanto, exposiçao prolongada (semanas ou mais) à luz pode resultar em um declínio gradual da potência da ivermectina na formulação;
- A ivermectina (na forma inalterada) presente nas fezes dos animais sob tratamento apresenta uma alta afinidade pelo solo e por material orgânico devido as suas características de solubilidade, permanecendo firmemente ligada ao solo sem translocar-se para ambientes aquáticos. No solo, a ivermectina não se acumula porque é rapidamente decomposta pela luz solar e inativada, e também não afeta as trocas respiratórias e nitrificação do mesmo. O possível uso de fezes de animais tratados como fertilizantes, não significa, portanto, risco ao microorganismos do solo.

Periodo de validade
02 (dois) anos após a data da fabricação.

("Conservar a embalagem original, em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar direta e calor excessivo (armazenar abaixo de 30C)".

PRODUTO INFLAMÁVEL

CUIDADO VENENO

"Mantenha este ou qualquer outro medicamento fora do alcance de crianças e animais domésticos".

"Venda sob prescrição, e aplicação sob orientação do Médico Veterinário".

Apresentação:
Frasco plástico dosadores contendo 1,2,5 litros e containers plástico de 20 litros.

Classe Terapêutica:
ENDECTOCIDAS (AÇÃO EM ENDOPARASITAS E ECTOPARASITAS) (ANTI-PARASITÁRIOS)

Princípio(s) Ativo(s):
IVERMECTINA

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
sob número 7.770 em 10/05/2001

Responsável Técnico:
Leonardo B.R.Costa - CRMV: SP 15.790

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800 70 70 512
Página inicial

Bulário Vet