[bula] MÁXIMO POUR-ON BIOVET LABORATÓRIO BIO-VET S/A

Bovino

Fórmula:
Cada 100 mL contém:
Cipermetrina.................................5,0 g
Clorpirifós..................................7,0 g
Butóxido de piperonila......................1,0 mL
Veículo q.s.p.............................100,0 mL

Indicações:
É indicado para uso tópico (pour-on), no combate aos seguintes ectoparasitas que acometem os bovinos: Carrapatos do gênero Boophilus microplus (adultos). Larvas de Dermatobia hominis (berne). Moscas dos gêneros Haematobia irritans (adultos) e Dermatobia hominis (adultos).

Dosagem:
A dosagem recomendada é de 10 mL para cada 100 kg de peso vivo.

Peso Corporal (kg) Volume do produto (mL)
Até 100 kg ................... 10 mL
De 100 kg até 200 kg ......... 20 mL
De 200 kg até 300 kg ......... 30 mL
De 300 kg até 400 kg ......... 40 mL
De 400 kg até 500 kg ......... 50 mL
Maior que 500 kg ............. 60 mL

O intervalo entre as aplicações varia de acordo com o programa adotado no controle dos ectoparasitas, condições ambientais, nível de infestação e taxa de reinfestação do rebanho e a critério do Médico Veterinário.

Administração:
Via Pour-on, deve ser aplicado em toda linha dorsal do animal, vertendo a dose separada no frasco dosador, do pescoço até a anca do animal.

Precauções:
Não aplicar em animais recém nascidos, debilitados, exaustos, estressados ou doentes.
Não administrar em animais com a pele lesionada.
Não administrar em animais com hipersensibilidade conhecida aos princípios ativos do produto.
Não aplicar o produto nas horas de calor intenso.
Não administrar em animais com menos de 8 meses de idade.
Não tratar os animais quando há ameaça de chuva.
Não aplicar em fêmeas no terço final de gestação.

PERÍODO DE CARÊNCIA:
BOVINOS: ABATE - o abate dos animais tratados somente deve ser realizado 6 dias após a última aplicação. LEITE: o leite dos animais tratados com este produto não deve ser destinado ao consumo humano até 24 horas após a última aplicação deste produto.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
A utilização do produto simultaneamente a outros medicamentos à base de organofosforados e
carbamatos, deve ser avaliada e observada atentamente pelo médico veterinário, para prevenir a ocorrência de intoxicações.
Produtos que ativam os receptores colinérgicos e relaxantes musculares periféricos devem ser
evitados quando se fizer uso de organofosforados.
Os tranqüilizantes fenotiazínicos aumentam a toxicidade dos organofosforados.
A succinilcolina e outros agentes bloqueadores neuromusculares podem potencializar os efeitos
nicotínicos dos organofosforados.

PRECAUÇÕES
Manter a embalagem fechada.
Obedecer às dosagens e recomendações para uso do produto.
Produto tóxico para peixes, pássaros e abelhas.
Evitar longo contato com a pele, mucosa e a inalação do produto.
Lavar as mãos após o manuseio do produto e não fumar ou alimentar-se durante o manuseio do
produto.
Não guardar junto de alimentos, bebidas, medicamentos, produtos de higiene ou domésticos.
Lavar muito bem as mãos e a parte exposta do corpo antes de comer e de beber, e após o trabalho
com o produto.
Utilizar equipamentos de proteção individual (luvas, macacão, óculos de proteção, gorro e
máscara contra gases tóxicos) no momento da aplicação do produto.
Não reutilizar as embalagens vazias.
Conservar o produto em locais secos e frescos, ao abrigo da luz solar, longe do alcance de
crianças e animais domésticos.
Não contaminar rios e outros cursos de água.
Caso o produto entre em contato com os olhos lavá-los imediatamente com água abundante,
durante 15 minutos.
Caso ocorra intoxicação acidental proceder da seguinte forma: retirar as roupas contaminadas e
lavar as partes atingidas do corpo com água e sabão. Em casos de ingestão acidental não
provocar vômito e não oferecer leite, gorduras ou óleos ao paciente. Procurar imediatamente
atendimento médico, levando consigo o rótulo do produto.
Não diluir o produto em óleos.

REAÇÕES ADVERSAS
Na posologia indicada e sob orientação do Médico Veterinário não devem ocorrer intoxicações
na espécie para a qual o produto é indicado.
Os piretróides possuem potente atividade inseticida com baixa toxicidade em mamíferos,
geralmente são seguros, mas em caso de intoxicação acidental podem causar alergia, náusea, vômito e dor de cabeça.
Os organofosforados, em caso de intoxicação acidental, podem provocar, principalmente, os
seguintes efeitos tóxicos: letargia, anorexia, diarréia, polaciúria, vômitos, salivação e tremores musculares.

INFORMAÇÕES PARA USO MÉDICO
Evitar o contato do produto com a pele e mucosas do corpo humano. No caso de contatos
acidentais, lavar as partes atingidas várias vezes com água e sabão.
Em casos de intoxicação humana, procurar um médico levando consigo a embalagem do
produto.
Cipermetrina: não existe antídoto específico. O tratamento deve ser sintomático.
Clorpirifós: sulfato de atropina e reativadores da colinesterase (contration ou PAM).
Butóxido de piperonila: não existe antídoto específico. O tratamento deve ser sintomático.

Apresentação:
Frasco dosador de 250 mL ou 1L e bombona de 5L.

Classe Terapêutica:
ECTOPARASITICIDAS (ANTI-PARASITÁRIOS)

Princípio(s) Ativo(s):
CIPERMETRINA
CLORPIRIFÓS
PIPERONILA

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
9.606/11 em 02/06/2011.

Responsável Técnico:
Dr. Antonio Roberto Alves Corrêa - CRMV: CRMV/SP: 1.431.

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800556642
Página inicial

Bulário Vet