[BULA] CORTIFLAN

OUROFINO SAÚDE ANIMAL LTDA.


Fórmula:

Cada 100 mL contém:
Fosfato sódico de dexametasona........................200,00 mg
Veículo q.s.p...................................................100,00 mL


Indicações:Tratamento dos processos inflamatórios em geral dos bovinos, eqüinos, suínos e ovinos, incluindo inflamações articulares e Cetose bovina. Auxiliar nos tratamentos de mastites, pneumonias graves, afeccções reumáticas, alérgicas,dermatológicas e outros distúrbios onde for indicado o uso de corticóides.


Dosagem:Dose terapêutica: 0,25 mg a 20 mg de dexametasona (fosfato sódico) por animal, sendo:

Bovinos: 2,5 mL a 10,0 mL/ animal / via intramuscular ou intravenosa. Repetir a dose se necessário.

Eqüinos: 1,25 mL a 2,5 mL/ animal / via intramuscular ou intravenosa. Repetir a dose se necessário.

Suínos e ovinos: 1,25 a 2,5 mL/ animal / via intramuscular ou intravenosa. Repetir a dose se necessário.

O intervalo entre as doses fica a critério do médico veterinário.


Administração: Administrar por via intramuscular ou intravenosa.


Precauções: Levar em conta que altas doses de dexametasona podem causar depressão da função adrenocorticóide provocando atrofia da adrenal. A interrupção de um tratamento prolongado deve ser gradativa. Doses acima de 2,5 mL por animal (5 mg de fosfato sódico de dexametasona) podem provocar sonolência ou letargia nos eqüinos. Doses excessivas podem causar convulsões. O uso excessivo de corticóide em ovinos inibe o crescimento de lã. Nos quadros infecciosos, uma terapia antibacteriana (quimioterápica ou antibiótica) deve ser iniciada junto com a administração do produto. Os animais sob tratamento devem ser monitorados, apesar do produto em doses baixas não provocar a retenção de sódio e de água nem a perda de potássio. O Médico Veterinário deve estar alerta para perceber qualquer efeito inesperado e agir para corrigi-lo.

Contraindicações: Não administrar o produto em animais portadores de diabetes mellitus, insuficiência renal, osteoporose e verminoses graves. Não administrar em ruminantes no ultimo trimestre da gestação, pois pode antecipar o parto.

Período de Carência: Carne: os animais tratados só devem ser abatidos e sua carne ser destinada ao consumo humano 7 dias após o fim do tratamento. Leite: o leite dos animais tratados deve ser consumido somente após 72 horas do fim do tratamento.

Prazo de validade: 02 anos após a data de fabricação.

Venda sob prescrição e administração sob orientação do médico veterinário. Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentação:Frasco-ampola de vidro âmbar contendo 10 mL e 50 mL.

Classe Terapêutica:

ANTI-INFLAMATÓRIOS, ANTI-PIRÉTICOS, ANTI-ALERGICOS E ANALGÉSICOS

Princípio(s) Ativo(s):DEXAMETASONA

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:

8328/02

Responsável Técnico:

Dra. Sandra Barioni Toma - CRMV: 14.817

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800 9412000
Página inicial

Bulário Vet