[bula] FEDABEN PASTA

VÉTOQUINOL SAÚDE ANIMAL LTDA

 Eqüinos

Fórmula:
Cada grama contém:
Fenbendazol ............................................................. 0,146 g
Tríclorfon .................................................................. 0,439 g
Excipiente q.s.p. ....................................................... 1,000 g




Indicações:
A associação de fenbendazol e triclorfon, são especialmente indicadas no controle e tratamento das verminoses
gastrointestinais que acometem os equinos, tais como: Strongyloides spp, Strongylus vulgaris, Oxyuris equi, Strongylus edentatus, Strongylus equinus, Parascaris equorum, pequenos Strongylídeos, Gasterophylus spp.

Dosagem:
A posologia para fenbendazol é de 7,5 mg por kg de peso e para o triclorfon é de 22,5 mg por kg de peso em DOSE
ÚNICA.

Tabela para dosificação:
Animais até 100 kg: 5,2 g de produto
Animais até 200 kg: 10,3 g de produto
Animais até 300 kg: 15,4 g de produto
Animais até 400 kg: 20,5 g de produto
Animais até 500 kg: 26,0 g de produto



Administração:
Observar a graduação existente no êmbolo da seringa. Girar o anel, ajustando-o no êmbolo, de acordo com o peso do animal a ser tratado. Introduzir a extremidade da seringa na boca do animal e pressionar o êmbolo até o anel, depositando a pasta em cima da língua do animal, sempre em direção ao fundo da boca.
A pasta também pode ser colocada no céu da boca do animal (palato duro). Para facilitar o manejo da seringa no momento da aplicação, recomendamos puxar a língua do animal.

Precauções:
Todo medicamento que contenha em sua fórmula compostos organofosforados deve ser manipulado com
cuidado, a fim de se evitar acidentes. Para tanto ao manipular Fedaben Pasta passe a tomar as seguintes precauções:
- Evitar contato com a pele e mucosas, se possível usar luvas
- Não fumar ou se alimentar estando manipulando o medicamento
- Em caso de intoxicação do animal, o antídoto indicado é o sulfato de atropina a 1%, via intramuscular na dosagem de 8 -10 mL.
- Não administrar o produto em animais com estômago vazio.
- Manter o animal sob dieta verde 12 horas antes e 12 horas após a administração do produto, evitando neste período o fornecimento de grãos, concentrados minerais, vitamínicos e rações.
- Não dar água ao animal após a administração do produto.

CONTRA INDICAÇÕES
- Não administrar em éguas que estejam no último trimestre de prenhez
- Não administrar em animais com menos de 4 meses de idade
- Não administrar outros medicamentos contendo organofosforados a animais tratados com tríclorfon
- Não administrar a animais debilitados com doenças graves ou com diarréias de origem infecciosa ou não.



Apresentação:

Seringa com 26 g.



Classe Terapêutica:
ENDOPARASITICIDAS (ANTI-PARASITÁRIOS)

Princípio(s) Ativo(s):
FENBENDAZOLE
TRICLORFON (METRIFONATO)

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
4650 em 27/05/94.

Responsável Técnico:
Dr. Paulo Roberto Andreoli - CRMV: CRMV/SP nº 8147

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
11.3568.1111