[bula] GENTASIL VANSIL INDÚSTRIA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA

Aves  Bovino  Equinos  Suíno

Fórmula:

Cada 10 ml contém:

Sulfato de Gentamicina* ..................................668,0 mg

Veículo q.s.p...........................................................10 ml

*Equivalente a 400 mg de gentamicina base.

Indicações:

Tratamento de infecções causadas por microrganismos sensíveis à Gentamicina em bovinos, equinos, aves e suínos, entre as quais de destacam: Streptococcus sp, Proteus vulgaris, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Aerobacter sp, Klebsiella sp, Staphylococcus spp e Citrobacter sp.

Aves: Salmoneloses, Colibaciloses, Pseudomonas e Arizona.

Suínos: Colibaciloses, diarreias e disenterias.

Bovinos e Equinos: Diarreias e septicemias causadas por Escherichia coli e outros microrganismos em potros e bezerros, metrites, endometrites e mastite.

Dosagem:

Aves: Aplicar 10 ml de Gentasil para 2000 pintos; Injeção subcutânea entre a cabeça e a base do pescoço. Para a aplicação em aves, dilua o conteúdo de um frasco de 10 ml em 390 ml de solução fisiológica estéril ou diluente da vacina de Marek e aplique 0,2 ml por ave.

Bezerros e Potros: Via intramuscular : Aplicar 1 ml (40 mg de princípio ativo) para cada 10 Kg de peso vivo no 1º dia e 0,5 ml (20 mg de princípio ativo) para cada 10 Kg de peso vivo nos dias subsequentes, determinado pelo Médico Veterinário.

Metrites e Endometrites em vacas: Diluir 5 ml (200 mg de princípio ativo) em 20 ml de solução fisiológica salina e aplicar, via intrauterina durante 3 a 5 dias.
Éguas: Utilizar 10 ml a 60 ml (400 a 2400 mg de princípio ativo) de produto, via intrauterina, durante 3 a 5 dias.

Mastite bovina: Diluir 2 ml a 3 ml (80 a 120 mg de princípio ativo) em 20 ml de solução fisiológica e aplicar nos tetos afetados, 1 a 2 vezes por dia, após a ordenha, durante 2 a 3 dias.

Leitões: Via intramuscular. Aplicar 0,125 ml (5 mg de princípio ativo) por leitão, durante 3 a 5 dias consecutivos.

Suínos: Animais adultos: 1 ml para cada 10 Kg de peso vivo, durante 3 a 5 dias. Obs.: Manter o tratamento por 48 horas após o desaparecimento dos sintomas.

Alterações na posologia e modo de usar a critério do Médico Veterinário.




Administração:

Administrar por via subcutânea, intramuscular profunda e intra-uterina.

Precauções:

Contra Indicações: Está contra indicado a animais sensíveis aos antibióticos aminoglicosídeos, devido a possibilidade de reações cruzadas. A gentamicina pode, a exemplo dos outros antibióticos, aminoglicosídeos, interagir com os seguintes medicamentos: Cefalosporinas(especialmente a cefaloridina), polimixina B, colistina, vancomicina, anfotericina B, diuréticos potentes, tais como ácido etacrínico, furosimina, manitol, etc. Os aminoglicosídeos potencializam as drogas bloqueadoras neuromusculares e anestésicos gerais, aumentando o efeito bloqueador neuromuscular, podendo causar parada respiratória. O uso de 2 ou mais aminoglicosídeos simultaneamente pode causar antagonismo, ima vez que eles agiram no mesmo sítio na bactéria. Os aminoglicosídeos podem aumentar o efeito neurotóxico e atóxico de outras drogas.

Efeitos colaterais:

Efeitos na reprodução: Todos os aminoglicosídeos atravessam a placenta, dando lugar a concentração significativa no cordão umbilical e no líquido amniótico. Os aminoglicosídeos também podem ser nefrotóxicos ao feto. A concentração sérica máxima de Gentamicina no feto tem um valor médio de 16% de concentração sérica máxima materna. Ademais a gentamicina pode concentrar-se nos rins do feto.

Efeitos na lactação: Vários aminoglicosídeos podem ser excretados pelo leite. Não se tem estudos a respeito da Gentamicina se é excretada pelo leite. No entanto, devido ao fato de serem os aminoglicosídeos absorvidos escassamente através do trato gastrintestinal, é possível que o animal não absorva quantidades significativas deste fármaco.

Crias: O uso dos aminoglicosídeos deve ser feito com cuidado em e animais neonatos devido à imaturidade renal destes, o que dá lugar a uma meia vida maior para a eliminação dos antibióticos, sendo necessário um ajuste na posologia deste antibiótico.

Período de carência:

Aves:

Abate: O abate dos animais tratados somente deve realizado 20 dias após a última aplicação.

Ovos: Os ovos dos animais tratados somente devem ser destinados ao consumo humano 4 dias após a última aplicação.

Bovinos:

Abate: O abate dos animais tratados somente deve ser realizados 40 dias após a última aplicação.

Leite: O leite dos animais tratados somente deve ser destinados ao consumo humano 4 dias após a última aplicação deste produto.

Equinos: Este produto não deve ser aplicado em equinos produtores de carne para o consumo humano.

Suínos:

Abate: O abate dos animais tratados somente deve ser realizado 40 dias após a última aplicação.

A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO EM CONDIÇÕES DIFERENTES DAS INDICADAS NESTA BULA PODE CAUSAR A PRESENÇA DE RESÍDUOS DO PRODUTO ACIMA DOS LIMITES APROVADOS, TORNANDO O ALIMENTO DE ORIGEM ANIMAL IMPRÓPRIO PARA O CONSUMO.

Modo de conservação: O produto deve ser mantido na embalagem original até a completa utilização, ao abrigo da luz solar, umidade e calor, fora do alcance de crianças e animais domésticos.









Apresentação:

Frasco com 50 e 100 ml.

Classe Terapêutica:
ANTIMICROBIANOS GERAIS; ANTIFÚNGICOS E ANTIPROTOZOÁRIOS (COCCIDIOS, FLAGELADOS)

Princípio(s) Ativo(s):
GENTAMICINA

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
3149 em 05/01/89

Responsável Técnico:
Dr. Alan F. Kastein - CRMV: CRF-SP 31640

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
(19) 35831597