Bulas dos produtos veterinários disponíveis no brasil

[bula] GUMBOR-VET

LABORATÓRIO BIO-VET S/A


 Aves

Fórmula:
Vacina Contra a Doença de Gumboro (Doença Infecciosa da Bolsa de Fabrício - IBD) - Cepa Intermediária GBV 8, do Laboratório Bio-Vet, constituída de vírus vivo atenuado de origem de embrião de galinha, preparada em ovos livres de agentes patogênicos específicos (SPF - Specific Pathogen Free) - liofilizada. Cada dose contém 10 elevado a 2.5 DIE/50.

Indicações:

Vacina contra a Doença de Gumboro das Aves


Dosagem:
Via Subcutânea - dose 0,2mL em pinto de um dia no incubatório
Via Intra-Ovo - dose 0,05mL por ovo embrionado de 18 a 19 dias de incubação
Via Ocular/Nasal - dose 0,03mL por ave no olho ou na narina
Via Água de bebida - 1.000 doses diluídas em 4 a 8 litros de água, para 1.000 aves com 14 dias de idade.

Administração:
A vacina pode ser administrada por:
Via Subcutânea na região do pescoço: reconstituir o liofilizado com diluente especial para vacina contra a doença de Marek, aplicando a dose de 0,2mL por pinto de um dia no incubatório.
Via Intra-Ovo: reconstituir o liofilizado com diluente especial para vacina contra a doença de Marek, aplicando a dose de 0,05mL por ovo embrionado de 18 a 19 dias de incubação. A vacina deve ser aplicada em sistemas comerciais específicos para vacinação "in ovo".
Via Ocular/Nasal: diluir a vacina liofilizada em Diluente Estéril para vacinação ocular, aplicando 0,03mL por ave no olho ou na narina.
Via Água de bebida: a melhor época para a vacinação das aves é com a idade de 14 dias com vacina viva podendo revacinar na 10ª semana, e com vacina morta da 20ª à 24ª semanas. Em plantéis sem risco iminente de contaminação a 1ª dose pode ser dada na 10ª semana com vacina viva. O uso de testes sorológicos auxilia a determinar o momento exato da vacinação.
A vacina não deve ser usada em pintos sem imunidade materna. Vacinar apenas aves sadias.
Preparação da vacina para água de beber:
Abrir o frasco de vacina, removendo o selo de alumínio e a tampa de borracha. Adicionar um pouco de água limpa, sem qualquer desinfetante, agitar bem para reconstituir o liofilizado, e em seguida diluí-la em 4 a 8 litros de água, adicionando ao mesmo tempo 2g de leite em pó desnatado/litro de água para vacinar 1.000 aves (1.000 doses) com 14 dias de idade. Para número de animais entre dosagens-padrão, usar a dosagem seguinte mais alta.

Precauções:
Recomendações:
a) a água a ser utilizada para preparação da vacina deve ser isenta de
desinfetantes e detergentes, e não conter cloro, ferro, nitratos etc;
retirar a água das aves 2 (duas) horas antes da vacinação; não administrar
outra água de beber até que toda água contendo a vacina tenha sido
consumida;
b) suspender o uso de medicamentos e desinfetantes na água de bebida de
preferência 72 (setenta e duas) horas antes e 24 (vinte e quatro) horas
depois da vacinação;
c) os bebedouros devem estar limpos e sem resíduos de sabão, detergentes,
desinfetantes ou outros produtos químicos que possam ser nocivos à
vacina; os bebedouros contendo a vacina não devem ser expostos a luz
solar; não vacinar aves mal nutridas, fracas ou com doenças intercorrentes
(coriza, coccidiose, verminose, DCR e outras), por serem sensíveis ao vírus e
não responderem satisfatoriamente à imunização; cuidado para evitar
contaminações nas mãos, olhos e roupa com a vacina.
Evitar condições de stress durante a vacinação.

IMUNIDADE
A vacina produz imunidade somente 21 dias após sua aplicação e sua duração está relacionada com a idade e susceptibilidade das aves.

IMPORTANTE
A vacina depois de reconstituída perde dentro de pouco tempo sua capacidade de imunizar, em vista do que sugerimos aplicá-la imediatamente.
A vacina deve ser conservada à temperatura entre 2ºC a 8ºC. Verificar o prazo de validade do produto que é de 2 anos após a fabricação. A vacinação deve ser realizada nas horas mais frescas do dia, preferencialmente pela manhã. A solução deverá ser distribuída igualmente em diversos bebedouros.
É recomendável que a solução vacinal seja consumida em período máximo de 02 horas após a preparação.
Depois de aberto o frasco a vacina não se conserva.
Queimar o frasco e qualquer sobra do conteúdo que não tenha sido usado.
Não vacinar as aves durante os 21 dias anterior ao abate. Todas as aves susceptíveis de um lote devem ser vacinadas ao mesmo tempo. Se isto não for possível as não vacinadas devem ser mantidas sob estrita separação.

OBSERVAÇÕES
As partidas de vacina são cuidadosamente produzidas e sofrem no Laboratório todas as provas de controle de acordo com os requisitos internacionais. Os resultados satisfatórios desta vacina dependem de sua conservação, transporte, manejo e modo de administração, assim como estado sanitário das aves.

Contém penicilina e estreptomicina como conservante.
Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

EFEITOS COLATERAIS
A doença pode ser observada ocasionalmente em pintos vacinados sem anticorpos maternos.

Apresentação:
O produto é apresentado em blister contendo 10 frascos com o liofilizado, sem diluente, correspondente a 1.000, 2.000 e 5.000 doses por frasco, juntamente com a bula.

Classe Terapêutica:
VACINAS, CORANTES E DILUENTES (BIOLÓGICOS)

Princípio(s) Ativo(s):

VAC. DOENÇA DE GUMBORO (VER DOENÇA INFECCIOSA DA BURSA DE FABRÍCIUS)
VAC. DOENÇA INFECCIOSA DA BURSA DE FABRÍCIUS (VER DOENÇA DE GUMBORO)


Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
1429/81 em 24/08/81

Responsável Técnico:
Med. Vet. Dr. Antonio Roberto Alves Corrêa - CRMV: 1431

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800556642


Nome

Anestésicos-Sedativos e Similares,41,Antimicrobianos-Antifúngicos-Antiprotozoários,585,Antinflamatórios-antipiréticos-anti-alérgicos-analgésicos,132,Antissépticos e Desinfetantes,80,Bayer,17,Bimeda,24,Bioctal,3,Biogénesis Bagó,30,Biovet,62,Boehringer Ingelheim,2,Bravet,13,Calbos,11,Castel,1,Centagro,1,Centralvet,7,Ceva,57,Champion,4,Chemitec,20,Clarion,5,Complexos,11,Concentrado Suplementar,27,Coveli,9,Dechra,66,Des-Far,28,Diagnóstico,23,Duprat,2,Ectoparasiticidas,312,Eficiência Alimentar,15,Endectocida,150,Endoparasiticidas,207,Eurofarma,7,EXCLUSÃO COMPETITIVA,2,Fatec,7,Hertape,32,Hidratação - Estimulante e Medicação de Suporte,52,Hipra,5,Hormônios e Similares,77,Ibasa,11,Ilender,2,Impextraco,2,Indubras,6,J.A,11,Jofadel,10,Konig,11,Labgard,2,Labovet,2,Labyes,7,Leivas Leite,3,Lema,2,M. Cassab,8,Merial,16,Metafilaxia,1,Microsules,2,MSD,105,Mundo Animal,9,Neurolítico,1,Norbrook,7,Novartis,14,Noxon,4,Oriente,3,Ourofino,76,Phibro,2,Prado,4,PROBIÓTICOS,13,Progado,1,Promotores de crescimento,6,Provets Simões,5,Sanphar,7,Santa Elena,1,Santa Marina,19,Sespo,12,Soros Hiperimunes,12,Tortuga,2,Trajetória,16,União Química,84,Uzinas,12,Vacinas,463,Vallée,20,Vansil,27,Venco,58,Vetanco,6,Vetecia,3,Vetnil,19,Vétoquinol,10,Vigor,3,Vilavet,4,Virbac,62,Vitafort,1,Vitalfarma,14,Zoetis,164,
ltr
item
Bulário Veterinário: [bula] GUMBOR-VET
[bula] GUMBOR-VET
Bulário Veterinário
https://www.bulario.vet.br/2016/06/bula-gumbor-vet.html
https://www.bulario.vet.br/
https://www.bulario.vet.br/
https://www.bulario.vet.br/2016/06/bula-gumbor-vet.html
true
6321988212031425367
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Ver mais Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE Pesquisar ALL POSTS Not found any post match with your request Voltar Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content