[bula] TRISSULFIN SID OUROFINO SAÚDE ANIMAL LTDA.

Caninos  Felinos

Fórmula:

Cada comprimido de 400 mg contém:
Sulfadimetoxina....................................................... 115,00 mg
Ormetoprim............................................................. 23,00 mg
Veículo q.s.p. ............................................................. 400 mg

Cada comprimido de 1600 mg contém:
Sulfadimetoxina....................................................... 460,00 mg
Ormetoprim.............................................................. 92,00mg
Veículo q.s.p. ........................................................... 1600 mg

Indicações:

TRISSULFIN SID é uma associação entre ormetoprim e sulfadimetoxina; dois antimicrobianos de associação sinérgica, com potencialização da ação da sulfadimetoxina em decorrência da associação ao ormetoprim. É indicado para o tratamento de infecções bacterianas que acometem cães e gatos, causadas pelos agentes Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Proteus mirabilis, Proteus vulgaris, Staphylococcus aureus, Staphylococcus intermedius, Streptococcus pyogenes, Streptococcus zooepidermicus e Pasteurella multocida, e para o tratamento de isosporoses em cães, causadas pelos agentes Cystoisospora canis e Cystoisospora ohioensis.

Algumas enfermidades, que acometem cães e gatos, geralmente associadas a microrganismos sensíveis ao TRISSULFIN SID, estão apresentadas nos quadros abaixo.

Enfermidades correlacionadas aos microrganismos sensíveis ao TRISSULFIN SID que acometem cães.
Enfermidade                        Microrganismos
Pneumonia bacteriana        Escherichia coli; Klebsiella pneumoniae; Staphylococcus intermedius;                                                     Streptococcus pyogenes; Streptococcus zooepidermicus, Pasteurella                                                          multocida
Infecções do trato urinário Escherichia coli; Klebsiella pneumoniae; Staphylococcus intermedius
Pielonefrite                        Escherichia coli; Klebsiella pneumoniae; Streptococcus pyogenes;                                                           Streptococcus zooepidermicus
Enterocolite                        Escherichia coli
Prostatite bacteriana        Escherichia coli; Proteus mirabilis; Proteus vulgaris; Staphylococcus                                                       intermedius; Streptococcus pyogenes; Streptococcus zooepidermicus;                                                     Klebsiella pneumoniae
Otite média e interna       Escherichia coli; Proteus mirabilis; Proteus vulgaris; Staphylococcus                                                        intermedius; Streptococcus pyogenes; Streptococcus zooepidermicus
Piodermite                       Staphylococcus intermedius; Escherichia coli; Proteus mirabilis; Proteus                                                  vulgaris
Isosporose                       Cystoisospora canis e Cystoisospora ohioensis


Enfermidades correlacionadas aos microrganismos sensíveis ao TRISSULFIN SID que acometem gatos.
Enfermidade                                   Microrganismos
Enterocolite                                   Escherichia coli
Bronquite bacteriana                   Pasteurella multocida
Pneumonia bacteriana                   Escherichia coli; Klebsiella pneumoniae; Staphylococcus aureus;                                                             Staphylococcus intermedius; Streptococcus pyogenes; Pasteurella                                                              multocida
Pielonefrite                                  Escherichia coli; Klebsiella pneumoniae; Staphylococcus aureus;                                                             Streptococcus pyogenes

Farmacocinética e Farmacodinâmica

A sulfadimetoxina tem ação bacteriostática. È um análogo estrutural do PABA e inibe competitivamente a síntese do ácido fólico, resultando na supressão da síntese de proteínas, diminuição dos processos metabólicos, e inibição do crescimento e multiplicação bacteriana.
O ormetoprim é um análogo estrutural do ácido fólico, atua inibindo a conversão do ácido fólico em ácido folínico. Quando combinado com as sulfonamidas, há efeito sinérgico, pois atuam em etapas diferentes da formação do ácido folínico, resultando em um bloqueio sequencial dos sistemas enzimáticos microbianos com consequências bactericidas.
A sulfadimetoxina é uma sulfonamida de ação longa. A droga se distribui amplamente por todos os tecidos do organismo, incluindo tecidos moles e articulações. A acetilação, que ocorre principalmente no fígado e no pulmão, é a principal via pela qual as sulfonamidas são metabolizadas; são excretadas, principalmente, pelos rins.
A absorção do ormetoprim ocorre rapidamente após administração pela via oral. Difunde-se amplamente nos tecidos e fluídos corporais; o metabolismo desta substância ocorre principalmente no fígado e a excreção, em grande parte, na urina.

Dosagem:

Dose

Infecções bacterianas
Administrar o produto por via oral, com intervalos de 24 horas, em uma dose inicial de 160 mg/kg de peso corporal (dose de ataque) no primeiro dia de tratamento. Para os dias subsequentes, administrar a dose de 80 mg/kg de peso corporal.

Característica                              Apresentação                   Dose
                                                                               1º dia                                   A partir do 2º dia
Cães de pequeno porte e Gatos 400 mg      2 comprimidos para cada 5 kg  1 comprimido para                                                                                                                                                       cada 5 kg
Cães de grande porte                1600 mg      2 comprimidos para cada 20 k   1 comprimido para                                                                                                                                                     cada 20 kg

O tratamento deve ser realizado por no mínimo 03 (três) dias, sendo o primeiro dia com a dose de ataque e os demais com a metade dessa dose. Sugerimos a continuidade do tratamento por pelo menos 02 (dois) dias após a remissão das manifestações clínicas, sem estendê-lo por mais de 21 dias consecutivos.

Isosporoses
Administrar o produto por via oral, com intervalos de 24 horas, na dose de 200 mg/kg de peso corporal.

Característica                   Apresentação                           Dose
Cães de pequeno porte    400 mg         1 comprimidos para cada 2 kg
Cães de grande porte    1600 mg         1 comprimidos para cada 8 kg

O tratamento deve ser realizado por no mínimo 05 (cinco) dias e continuado até a remissão das alterações clínicas (diarreia) e o fim da eliminação de oocistos pelas fezes, sem que o tratamento ultrapasse 14 dias consecutivos.
Em estudo conduzido em cães com isosporose, o produto TRISSULFIN® SID demonstrou eficácia de 100% em todos os animais tratados, a partir do quinto dia de tratamento, cessando a diarreia e zerando a contagem de oocistos no exame laboratorial de OPG.
Administração:
Via oral

Precauções:

É fundamental o diagnóstico das causas da infecção bacteriana; infecções de pele, muitas vezes, são secundárias a outras condições clínicas subjacentes (alergias, dietárias, imunológicas, hormonais, parasitológicas ou metabólicas). Para o antibacteriano ser eficaz, ele deve ser administrado em conjunto com o tratamento para a doença subjacente primária.
Obedecer às dosagens recomendadas para uso do produto.
É importante, durante o tratamento com sulfonamidas, o acompanhamento cuidadoso em animais portadores de sintomas indicativos de distúrbios renais e hepáticos.
A água deve estar prontamente disponível para os animais que estejam recebendo terapêutica sulfonamídica.
Somente o médico veterinário está apto a fazer alterações nas dosagens do produto.
Não utilizar produto com prazo de validade vencido.

Contra indicações e limitações de uso:

O produto não deve ser utilizado em animais que apresentam hipersensibilidade aos componentes da formulação.
Não é indicado para animais que apresentem discrasias sanguíneas, disfunção tireoideana, graves disfunções hepáticas ou renais tais como glomerulonefrite ou insuficiência renal aguda.
Cães das raças Pinscher e Doberman têm alto risco de apresentarem reações às sulfonamidas, provavelmente devido a uma predisposição genética de sensibilidade, e seu uso deve ser feito com cautela nestas raças.
Não foram realizados estudos em fêmeas prenhes ou em lactação.

Interações Medicamentosas:

Soluções de sulfonamidas são incompatíveis com o cálcio.
A administração de antiácidos junto à sulfadimetoxina tende a inibir a absorção deste fármaco no trato gastrintestinal.
Alguns anestésicos derivados do ácido p-aminobenzóico (procaína, tetracaína, butacaína e benzocaína), assim como a administração concomitante de ácido folínico, podem antagonizar o mecanismo de ação das sulfonamidas.
As sulfonamidas podem interagir com outros fármacos, incluindo a varfarina, metenamina, dapsona e etodolaco.
As sulfonamidas podem potencializar os efeitos adversos causados pelo metotrexano e pela pirimetamina.
As sulfonamidas aumentam o metabolismo da ciclosporina, resultando em diminuição da concentração plasmática.

Reações Adversas:

A combinação sulfadimetoxina-ormetoprim pode acarretar, em cães, reações adversas como ceratoconjuntivite seca (que pode ser reversível), hepatite neutrofílica aguda com icterícia, vômito, anorexia, diarreia, febre, anemia hemolítica, urticária, poliartrite, poliúria, polidipsia e colestase. Reações de hipersensibilidade aguda podem se manifestar como reações do tipo I ou do tipo II. As reações de hipersensibilidade parecem ser mais comuns em cães de grande porte; a raça Doberman parece ser mais suscetível que outras. Outros efeitos hematológicos (anemia hemolítica aguda, agranulocitose) podem ocorrer, porém são raros.
Efeitos adversos adicionais, raramente relatados, incluem alguns casos de desenvolvimento de necrose hepática em poucos dias, e consequentemente, morte ou eutanásia, e hipotireoidismo associado com terapia de longa duração.
TRISSULFIN SID é seguro nas dosagens indicadas em bula, para cães e gatos, adultos e filhotes, quando administrado segundo as recomendações do fabricante.

Conservar em local seco e fresco, em temperatura entre 15 e 30°C, ao abrigo da luz solar intensa e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do médico veterinário.
Apresentação:


Comprimidos de 400 mg: cartucho contendo 01 blíster com 10 ou 15 comprimidos e display contendo 10 ou 15 blísters com 10 ou 15 comprimidos cada.
Comprimidos de 1600 mg: cartucho contendo 02 blísters com 05 comprimidos cada e display contendo 07 ou 08 blísters com 05 comprimidos cada.

Classe Terapêutica:
ANTIMICROBIANOS GERAIS; ANTIFÚNGICOS E ANTIPROTOZOÁRIOS (COCCIDIOS, FLAGELADOS)

Princípio(s) Ativo(s):
SULFONAMIDAS
OUTROS

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
9.975 em 11/12/2014

Responsável Técnico:
Dra. Sandra Barioni Toma - CRMV: 14.817

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800 9412000
Página inicial

Bulário Vet