Bulas dos produtos veterinários disponíveis no brasil

[bula] VITALPEN PLUS INDÚSTRIA FARMACÊUTICA VITALFARMA LTDA

Bovino  Caprinos  Eqüinos  Ovinos  Suíno

Fórmula:
Cada 100mL contém:
Benzilpenicilina Procaína................................20.000.000 Ul
Diidroestreptomicina (sulfato )....................................... 8,0 g
Piroxicam ..................................................................... 0,6 g
Veículo ............................................ qsp ................. 100,0 mL

Indicações:
Suspensão injetável pronta para uso; antibiótico bactericida de amplo espectro e ação prolongada, indicado no tratamento das seguintes infecções:
Bovinos: - Mastites - Streptococcus spp, Corynebacteriurn pyogenes.
- Processos piogênicos: Streptococcus pyogenes.
- Edema maligno: Clostridium septicum, C. novyi
- Carbúnculo sintomático: Clostridium chauvoei
- Enterotoxemia, gangrena: Clostridium perflingens
- Hemoglobinúria: C. haemolyticum
- Tétano: C. tetani
Equinos: - Garrotilho: Streptococcus equi.
- Infecções dos recém-nascidos, onfaloflebites: Staphylococcus genitalium
- Artrite supurativa: E.coli, Actinobacillus spp, Salmonella spp.
- Linfagite ulcerativa: C. pseudotuberculosis.
- Pneumonia dos potros: Corynebacterium equi
- Listeriose: L.monocytogenes
- Tétano: Clostridium tetani
- Septicemia dos potros: Salmonella abortus equi.
Ovinos e Caprinos: Artrite infecciosa dos cordeiros: Streptococcus genitalium
- Poliartrite dos cordeiros: Corynebacterium pyogenes, Streptococcus faecaIis, Sphaerophorus necrophorus.
- Endocardite: Streptococcus pyogenes.
- Linfadenite caseosa dos ovinos: Corynebacterium pseudotuberculosis
- Listeriose: L. monocytogenes
- Carbúnculo hemático: B. anthracis
- Tétano: Clostridium tetani
- Carbúnculo sintomático: C. chauvoei
- Edema maligno: C. septicum, C. perfringens, C. novyi
- Actinobacilose: A. lignieresii.
Suínos: Artrite dos leitões: Streptococcus spp.
- Poliartrite: Corynebacterium pyogenes, Spherophorus necrophorus
- Cistite e pielonefrite dos suínos: C. suis
- Listeriose: L. monocytogenes
- Carbúnculo hemático: B. anthracis.
- Tétano pós-castração: Clostridium tetani
- Edema maligno: C. chauvoei.

Dosagem:
- Dose terapêutica: Bovinos e Equinos: 10.000 Ul de Penicilina G Procaína, 4 mg de Sulfato de Dihidroestreptomicina e 0,3 mg de Piroxicam / kg de peso corporal.
- Dose do Produto: 1 mL para cada 20 kg de peso corporal, durante 3 a 5 dias consecutivos.
Dose terapêutica: Ovinos, Suínos e Caprinos:
- 40.000 Ul, de Penicilina G Procaína, 16 mg de Sulfato de Diidroestreptomicina e 1,2 mg de Piroxican / kg de peso corporal.
Dose do produto: 2 mL para cada 10 kg de peso corporal, durante 3 a 5 dias consecutivos.
Intervalo entre as doses: 24 horas (1 vez ao dia)
Recomendamos que o tratamento seja prolongado por um período mínimo de 48 horas após o desaparecimento dos sintomas.

Administração:
Via intramuscular profunda

Precauções:
AGITE ANTES DE USAR.
Usar seringas e agulhas descartáveis ou esterilizadas.
Calcular corretamente a dose a aplicar de acordo com o peso corporal do animal, obedecer as normas de assepsia para a aplicação de injetáveis.

Período de carência:
Suspender o tratamento 30 dias antes do abate dos animais tratados para o consumo humano.
Não administrar a fêmeas gestantes ou lactantes.

- Não administrar o produto a animais conhecidamente hipersensíveis ao ácido acetilsalicílico ou a outros antiinflamatórios não esteróides.
- Nos humanos, o piroxicam administrado até o final da gravidez pode causar distocia; nos animais não há relato.
- Não administrar a animais com nefropatias graves, já que a Dihidroestreptomicina tem efeito nefrotóxico .
- Não administrar a fêmeas gestantes ou lactantes.

Efeitos secundários:
Não há referência sobre reações adversas no tratamento com Piroxicam em animais domésticos. Nos humanos provoca distúrbio gastrointestinal, como: estomatite, anorexia e constipação. Mas estas reações são insignificantes.
- Animais hipersensíveis poderão apresentar reações alérgicas ou anafiláticas, de gravidade variável, com sintomas de salivação, tremores, vômitos, respiração dificil e edema cutâneo em algumas áreas do corpo.
Recomenda-se usar epinefrina se necessário. Em suínos de engorda, durante situações de estresse, podem eventualmente ser observados: febre transitória, vômitos, incoordenação motora, tremores e apatia.
Interações medicamentosas:
- A Penicilina é potencializada, quanto a sua ação, quando associada aos salicilatos e a fenilbutazona .
- O Piroxicam como antiinflamatório não esteróide pode provocar a retenção de saliva e potássio, interferindo na ação de diuréticos .
- Não associar o produto com antibióticos bacteriostáticos: Cloranfenicol e Tetraciclina.

Apresentação:
Frascos ampola com 10, 25 e 50 mL.

Classe Terapêutica:
ANTIMICROBIANOS GERAIS; ANTIFÚNGICOS E ANTIPROTOZOÁRIOS (COCCIDIOS, FLAGELADOS)

Princípio(s) Ativo(s):
ESTREPTOMICINA
PENICILINA
PIROXICAN

Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
8.732 em 29/10/2002

Responsável Técnico:
Dra. Tatiane de Souza Urias - CRMV: CRF-MG 12.676

Serviço de Atendimento ao Consumidor:
0800 283 8800


Nome

Anestésicos-Sedativos e Similares,41,Antimicrobianos-Antifúngicos-Antiprotozoários,585,Antinflamatórios-antipiréticos-anti-alérgicos-analgésicos,132,Antissépticos e Desinfetantes,80,Bayer,17,Bimeda,24,Bioctal,3,Biogénesis Bagó,30,Biovet,62,Boehringer Ingelheim,2,Bravet,13,Calbos,11,Castel,1,Centagro,1,Centralvet,7,Ceva,57,Champion,4,Chemitec,20,Clarion,5,Complexos,11,Concentrado Suplementar,27,Coveli,9,Dechra,66,Des-Far,28,Diagnóstico,23,Duprat,2,Ectoparasiticidas,312,Eficiência Alimentar,15,Endectocida,150,Endoparasiticidas,207,Eurofarma,7,EXCLUSÃO COMPETITIVA,2,Fatec,7,Hertape,32,Hidratação - Estimulante e Medicação de Suporte,52,Hipra,5,Hormônios e Similares,77,Ibasa,11,Ilender,2,Impextraco,2,Indubras,6,J.A,11,Jofadel,10,Konig,11,Labgard,2,Labovet,2,Labyes,7,Leivas Leite,3,Lema,2,M. Cassab,8,Merial,16,Metafilaxia,1,Microsules,2,MSD,105,Mundo Animal,9,Neurolítico,1,Norbrook,7,Novartis,14,Noxon,4,Oriente,3,Ourofino,76,Phibro,2,Prado,4,PROBIÓTICOS,13,Progado,1,Promotores de crescimento,6,Provets Simões,5,Sanphar,7,Santa Elena,1,Santa Marina,19,Sespo,12,Soros Hiperimunes,12,Tortuga,2,Trajetória,16,União Química,84,Uzinas,12,Vacinas,463,Vallée,20,Vansil,27,Venco,58,Vetanco,6,Vetecia,3,Vetnil,19,Vétoquinol,10,Vigor,3,Vilavet,4,Virbac,62,Vitafort,1,Vitalfarma,14,Zoetis,164,
ltr
item
Bulário Veterinário: [bula] VITALPEN PLUS INDÚSTRIA FARMACÊUTICA VITALFARMA LTDA
[bula] VITALPEN PLUS INDÚSTRIA FARMACÊUTICA VITALFARMA LTDA
Bulário Veterinário
https://www.bulario.vet.br/2016/06/bula-vitalpen-plus-industria.html
https://www.bulario.vet.br/
https://www.bulario.vet.br/
https://www.bulario.vet.br/2016/06/bula-vitalpen-plus-industria.html
true
6321988212031425367
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Ver mais Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LABEL ARCHIVE Pesquisar ALL POSTS Not found any post match with your request Voltar Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content